terça-feira, 2 de novembro de 2010

MEIA VOLTA NO URUGUAI 5º Dia.

Acordamos bem cedo e fomos para o café da manhã, em seguida arrumamos as coisa no carro e partimos. Na noite anterior avaliei que nosso destino seria Punta del Este e que após retornaríamos até Montevidéu e de lá voltaríamos para casa passando pelos Departamentos do centro do país, foi aí que a "Volta no Uruguai" virou "Meia Volta..." e na próxima postagem desse marcador explicarei os motivos que me levaram a tomar essa decisão.
Partimos então pela excelente rodovia duplicada, logo em seguida passamos a viajar por uma bela estrada a beira mar que nos levou diretamente ao tranquilo e simpático balneário chamado Piriápolis, agora já no Departamento de Maldonado. Por se tratar de final de temporada e também por ser feriado a cidade estava praticamente deserta. Piriápolis tem seu nome derivado de seu fundador o Dr. Francisco Piria e é muito procurada em alta temporada (verão) pelas famílias uruguaias e também por turistas brasileiros e argentinos. A cidade é cercada de cerros como o Cerro del Toro (250m), Cerro del Burro (170m), Cerro Pan de Azucar (380m) e Cerro San Antonio (135m) sendo uma das atrações turísticas mais visitadas por ser em área urbana, praticamente no meio da cidade, onde é possível chegar ao seu topo (onde existe uma pequena capela) via teleférico. Ficamos pouco tempo, ventava muito e a ansiedade de chegar a tão comentada Punta del Este nos apressava.

Veleiros na área portuária em Piriápolis - Dep. Maldonado


Ao fundo Cerro San Antonio em Piriápolis - Dep. Maldonado

Chegamos então a tão esperada Punta del Este, realmente surpreendente, suas mansões luxuosas e seus grandes hotéis, cassinos e prédios residenciais magníficos, nos fazem parecer estar naquelas cidades norte americanas que vemos frequentemente nos filmes, e em alta temporada é muito fácil encontrar famosos dos mais variados lugares do mundo passeando tranquilamente pela cidade. Seguimos pela avenida a beira mar admirando a bela cidade e como aconteceu antes em outras, estava tudo muito calmo, pessoas faziam atividades físicas e não rara as vezes passavam carrões em que eu nem me arriscaria a adivinhar nome ou marca. Mas a cidade era nossa, mesmo que por pouco tempo, porque nossa intenção era apenas conhecer e não veranear em Punta, mas não importava era mais uma experiência maravilhosa, estarmos naquele lugar, viver aqueles momentos com a intensidade com que vivemos e pode-se dizer aproveitamos cada minuto.

Playa La Pastora Punta del Este - Dep. Maldonado


Playa la Pastora - Punta del Este


Punta del Este - Meia Volta no UY 2009


Playa Brava - Punta del Este / Uruguay


Playa Brava - Punta del Este - Dep. Maldonado / Uruguay

Punta del Este foi o nosso ultimo destino para o leste, agora voltaríamos até Montevidéu e retornaríamos pelo centro do país.
Começando nosso retorno, após sairmos de Punta del Este chegamos na localidade de Punta Ballena, o lugar é fantástico, de lá você pode ver a Baía de Maldonado e também visitar a "Casa Pueblo" uma cidade-escultura criada pelo arquiteto uruguaio Carlos Páez Vilaró que parece aquelas cidades gregas encravadas nas rochas, que inclui um museu, uma galeria de arte e um hotel chamado "Hotel Casa Pueblo".

Punta Ballena - Dep. Maldonado / Uruguay


Casa Pueblo - Punta Ballena


Casa Pueblo - Punta Ballena (foto do weblog http://www.anjosedemonios.weblog.com.pt/)

Seguindo em frente agora pela auto-estrada e não pela beira mar, chegamos ao trevo que dá acesso ao Cerro Pan de Azucar*, novamente nos arredores de Piriápolis aonde pude realizar um sonho bastante antigo (veja em "Cerro Pan de Azucar" - marcador "Cerros"). Pegando a estrada novamente, chegava a hora mais uma vez da preocupação de "aonde vamos parar pra dormir?" O planejamento era passar a cidade de Montevidéu e quando pegássemos a "Ruta 5" que nos levaria para casa, parar na cidade de Canelones no Departamento de mesmo nome e pernoitar, para que no outro dia, partíssemos para nossa última jornada.
Ao chegar em Montevidéu novamente, já era fim de tarde e perdemos muito tempo, porque erroneamente ao tentar encurtar o caminho passamos por dentro da cidade e nos perdemos, pois fomos engolidos pela grande metrópole. Ao reencontrar o caminho seguimos para Canelones, chegamos já noite e ao chegar no único hotel da cidade estava fechado, cortinas rasgadas e o telefone do proprietário no vidro anunciavam que a muito não hospedara ninguém, e na tentativa de fazer um contato o único telefone público que encontramos não funcionava, a cidade tinha carência de iluminação pública, talvez pela proximidade à Montevidéu as atenções estejam voltadas para capital, o fato é que de toda viagem não trago grandes recordações do Departamento de Canelones já desde o pequeno incidente em Atlântida. Decidimos seguir viagem, agora já de noite, e com os faróis do carro desregulados para andar na auto-estrada, chegamos com dificuldade à cidade de Florida agora já no Departamento de Florida, encontramos um simpático hotel bem no centro da cidade, onde podemos passar uma merecida noite de descanso. O programa CQC da Bandeirantes passando na TV a cabo já acendia uma brasinha de saudade do Brasil e isso que só estávamos cinco dias fora...

Segue...




URUGUAI, INCRIVELMENTE SURPREENDENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!



*Veja em breve no marcador "Cerros".



TEXTO: Valfredo Neves.
EM VERMELHO = Cidades e povoados do Uruguai.



FOTOS: Valfredo Neves, weblog anjos e demônios.


VEJA OS DIAS ANTERIORES DA VIAGEM EM:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentário!!!!!!!